Search

ONDE DEVERIAMOS PROCURAR DEUS? – por Lokasaksi Dasa

vadanti tat tattva-vidas 

vadanti tat tattva-vidas

tattvaṁ yaj jñānam advayam 

brahmeti paramātmeti 

bhagavān iti śabdyate 

“Transcendentalistas eruditos que conhecem a Verdade Absoluta chamam esta substância não-dual de Brahman, Paramātmā ou Bhagavān” (Śrīmad-Bhāgavatam, 1.2.11)

Somos eternos buscadores (nitya-jijñāsu) da Divindade. Portanto devemos e podemos sempre encontrá-lA:

1) como a “Verdade”, no Ser (sat) do Absoluto (Brahman), que abarca e permite a existência de todos os outros seres;

2) como a “Testemunha”, na Consciência (cit) da Alma Suprema (Paramātmā), que reside no âmago de todos os seres e os ilumina tudo com a luz do conhecimento; e, finalmente;

3) como o “Amor”, na Bem-aventurança (ānanda) da Personalidade Suprema da Divindade (Bhagavān Śrī Kṛṣṇa), que é a fonte do prazer ou experiência estética (rasa) da alma.